Pelo Que Oravam?

“Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças.” Romanos 1.21
Há vários anos, os habitantes de Londres foram surpreendidos com uma série de ataques terroristas, cujo saldo foi de 52 mortos e mais de 700 feridos.
Certo passageiro que estava em um dos trens do metrô, no qual uma das bombas explodiu, relatou que os sobreviventes presos às ferragens começaram a orar a Deus.
Pelo que oravam?
Que Deus os mantivesse vivos na precária situação em que estavam: presos em um túnel, com fumaça e fedor de produtos químicos invadindo o ar?
Pediam misericórdia?
Quantos tinham algum relacionamento anterior com Deus?
Quantos perceberam que estavam à beira de uma experiência infinitamente mais terrível que aquela?
Ou que estavam diante de um inimigo bem mais poderoso que os terroristas executores de crime tão hediondo?
Deus é verdadeiramente gracioso, pois permite que o sol brilhe sobre os bons e maus (Mateus 5.45).
Isso deveria nos compelir a conhecê-Lo e amá-Lo.
Ao dar Seu Filho para morrer por nós e nos salvar dos nossos pecados e do controle de Satanás, Deus tornou a vida eterna disponível a todos os que creem no Salvador, Jesus Cristo.
Catástrofes e tragédias como a de Londres nos mostram como repentina e rapidamente podemos passar da vida para a morte, do temporal para o eterno.
E será que você terá tempo para pedir algo a Deus?
E será que Deus serve apenas para a hora da nossa morte?

 

Extrato Devocional Boa Semente
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s