O Canto do Rouxinol

“Porque grande é o SENHOR, e digno de louvor…” Salmos 96.4

C. H. Spurgeon (o mestre dos pregadores do século anterior) ouviu, certa vez, que em determinado local da Inglaterra os rouxinóis cantavam de maneira mais graciosa que em qualquer outra parte do mundo.

Ele resolveu viajar até este lugar para poder comprovar por si mesmo.

Ele reservou um quarto em uma pousada e lhe informaram:

“quando começar a escurecer, olhe para o espinheiro em frente. Você verá o rouxinol. Você ouvirá sua canção.”

Mas ao aproximar-se a noite, o tempo esfriou e começou a chover.

Spurgeon perdeu as esperanças de ouvir o pássaro.

De repente, ele ouviu a bela e emocionante canção do rouxinol, clara e doce.

Ele olhou pela janela.

Lá, pousado no espinheiro, debaixo de uma chuva torrencial, o pequeno pássaro estava erguendo sua voz em uma canção verdadeiramente linda.

Ele comentou:

“Era tão doce e tão bonita que eu não creio que possa escutar algo tão comovente até ouvir os anjos cantarem no céu.”

A seguir, refletiu Spurgeon:

“O Deus do rouxinol é o Deus que eu sirvo. Mesmo na escuridão, sentindo frio, na chuva ou entre espinhos, Ele pode me levar a entoar belas canções na noite tenebrosa.”

Que bela e edificante lição para cada um de nós.

A despeito das adversidades o rouxinol não deixou de usar o talento recebido, produzindo, entre circunstâncias desfavoráveis, um momento de raro esplendor.

Quantas vezes deixamos de glorificar a Deus e de ir estar com os irmãos na igreja apenas porque está chovendo ou fazendo muito calor.

Um pequeno problema familiar, um aborrecimento no trabalho, uma simples dor de cabeça e logo dizemos que não temos ânimo para louvar a Deus e que não sentimos vontade de orar.

Mas, também nas horas difíceis, precisamos mostrar o quanto somos gratos ao Senhor e o quanto reconhecemos seu amor por nós, perdoando nossos pecados e nos concedendo o direito de viver para sempre no céu de glória.

Se você está passando – hoje – por aflições, cante para Deus.

Se a sua vida lhe parece escura e tempestuosa, levante seus olhos para cima e diga:

“Senhor, eu confio em Ti.”

Logo a chuva passará, o sol voltará a brilhar e dos momentos sombrios permanecerá apenas o canto de alegria em seu coração.

Deus nos abençoe…

Pastor Nathaniel Brandão

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s