Devocional

“Puseram-lhe a cruz sobre os ombros, para que a levasse após Jesus.” (Lucas 23.26)

Vemos na atitude de Simão em levar a cruz uma figura do ministério da Igreja durante todas as gerações. A Igreja é um instrumento que leva a cruz, após Jesus. Ele não sofreu para excluir o sofrimento do crente. Ele levou a cruz, não para que você escapasse dela, e sim para que pudesse suportá-la. Cristo o isenta do pecado, mas não do sofrimento. Porém, devemos nos confortar com este pensamento: em nosso caso, assim como no de Simão, é a cruz de Cristo, e não a nossa, que estamos levando. Quando você for perseguido por causa de sua piedade, quando o seu cristianismo lhe trouxer a provação de zombaria cruel, lembre-se: não é a sua cruz, e sim a de Cristo, que você está levando. Oh! quanto deleite temos em levar a cruz de nosso Senhor Jesus! Você está levando a cruz após Ele. Você tem uma bendita companhia. Seu caminho está marcado pelas pisadas de seu Senhor. As marcas de sangue do ombro ferido de Jesus estão sobre o fardo mais pesado.

É a cruz do Senhor Jesus; Ele vai adiante de você, assim como um pastor vai à frente de suas ovelhas. Tome a sua cruz dia após dia e siga a Jesus. Também não esqueça que a está levando em companheirismo com Cristo. Você carrega a parte leve, enquanto Ele, a pesada. Alguns pensam que Simão carregou apenas uma parte da cruz, e não toda ela. Isto é bem possível; Cristo deve ter levado a parte mais pesada, aquela onde ficariam os braços e Simão deve ter carregado a ponta. Certamente é assim que acontece com você. Você está levando apenas a parte mais leve e final da cruz. Cristo tomou a parte mais pesada. E não esqueça que, embora Simão tenha levado a cruz apenas por breve espaço de tempo, isso lhe outorgou honra duradoura. De modo semelhante, a cruz que levamos está planejada apenas para breve espaço de tempo; depois, receberemos a coroa, a glória. Nós deveríamos amar a cruz e, ao invés de tremer diante dela, tomá-la por cara, visto que para nós tem “eterno peso de glória, acima de toda comparação” (2 Coríntios 4.17).

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s