O Que é o Evangelho?

Deus quer dar-lhe o perdão do pecado, quer que você faça parte da Sua família e tenha um lar no céu para sempre.

Se morresse esta noite, você tem certeza de que iria para o céu?

Já ouvi todos os tipos de respostas para esta pergunta: “Eu não acredito no céu”. “Eu acho que vou para o céu”. “Espero que eu vá”. “Não tenho certeza se vou, mas tento ser uma boa pessoa”.

A vida não cessa com a morte; e vida eterna versus punição eterna não é meramente um conceito cristão. O rei Davi disse: “E habitarei na casa do Senhor para todo o sempre” (Sl 23.6). Jó disse: “Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus” (Jó 19.26).

No entanto, nem todas as pessoas “verão a Deus” – o destino de muitas será o inferno. O Novo Testamento revela o local dessas chamas eternas: o Lago de Fogo (Ap 19.20; Ap 20.10,14-15).

Então, o que fazer quando você quiser dizer a alguém que ama como evitar o castigo eterno? Você evangeliza: anuncia a Boa-Nova, ou seja, dá a boa notícia. Você apresenta o Evangelho. À medida que o mundo se aproxima da vinda do Anticristo, muitos falsos evangelhos estarão circulando. Mas somente o Evangelho de Jesus Cristo tem o poder para a salvação.

O que é o Evangelho?

A palavra “evangelho”, euaggelion em grego, significa simplesmente “boa notícia”. Existem vários tipos de boas notícias, e o Novo Testamento usa a palavra em uma variedade de maneiras.

Se tomar a forma substantiva, euaggelia, e adicionar a forma verbal “izo” ao final, você tem o verbo grego “evangelizar”, que significa, literalmente, “compartilhar uma boa notícia”. Este é o mesmo verbo usado quando os anjos vieram aos pastores nos campos e anunciaram o nascimento de Cristo. O anjo basicamente disse: “Não temais; [eis aqui vos evangelizo] eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo” (Lc 2.10).

Quando você compartilha com as pessoas sobre como elas podem alcançar a vida eterna e evitar o Lago de Fogo, você está compartilhando o Evangelho – a Boa Notícia.

Quatro livros da Bíblia são chamados Evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas e João. Eles apresentam a Boa Notícia do ministério terreno do Filho de Deus, que veio do céu para revelar Deus Pai à humanidade e, em seguida, ter uma morte sacrificial pelos nossos pecados.

As Escrituras Hebraicas – 39 livros escritos em um período de 1.000 anos – chamam Deus de “Pai” apenas uma dúzia de vezes. Mas, nos Evangelhos, Jesus fala muitas vezes de Seu “Pai”, e nos diz para orarmos: “Pai nosso, que estás nos céus” (Mt 6.9; Lc 11.2). Ser capaz de chamar a Deus de “Pai” é uma Boa Notícia. De fato, a verdade de Jesus é uma grande notícia de qualquer maneira que você olhe para ela. O Evangelho de Jesus Cristo oferece infinito amor ao povo de Deus, oferece perdão dos pecados, ajuda em tempos de necessidade, acesso direto ao trono da graça, libertação do Lago de Fogo e vida eterna na presença de Deus.

Não é de admirar que o apóstolo Paulo tenha escrito: “Não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego [gentio]” (Rm 1.16, ACF). O conteúdo do Evangelho que nós compartilhamos com as pessoas geralmente segue a mensagem de Paulo em 1 Coríntios 15:

Irmãos, venho lembrar-vos o evangelho que vos anunciei, o qual recebestes e no qual ainda perseverais; por ele também sois salvos, se retiverdes a palavra tal como vo-la preguei (…). Antes de tudo, vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras,?e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.?E apareceu a Cefas [Pedro] e, depois, aos doze.?Depois, foi visto por mais de quinhentos irmãos de uma só vez (…).?Depois, foi visto por Tiago, mais tarde, por todos os apóstolos?e, afinal, depois de todos, foi visto também por mim, como por um nascido fora de tempo” (vv. 1-8).

Cristo morreu, segundo as Escrituras, foi sepultado, ressuscitou, e apareceu a muitos. Este é o Evangelho em poucas palavras.

Uma oferta irrecusável

Há mais de 7 bilhões de pessoas na Terra. Dentre esses 7 bilhões, um dia Deus, em Sua graça, estendeu a mão para mim para abrir os meus olhos e receber esta Boa-Nova. Hoje Ele está chegando a você. Ele está compartilhando o Evangelho com você puramente com base em Sua bondade e graça, e deseja levá-lo a um relacionamento pessoal com Ele.

Se alguém lhe oferecesse um carro novo de graça, você responderia: “Não, obrigado. Eu tenho um velho calhambeque que prefiro manter”? As chances são de que você ficaria encantado com a oferta. E você não somente ficaria grato a essa pessoa, mas provavelmente também falaria a todo mundo sobre isso.

Deus fez-lhe uma oferta. Ele quer dar-lhe o perdão do pecado, quer que você faça parte da Sua família e tenha um lar no céu para sempre. Isso é uma boa notícia.

Por que Ele pode fazer essa oferta? Porque Jesus pagou o preço pelos nossos pecados. Ele morreu em nosso lugar. Mesmo que você não se importe com Jesus, Ele ainda cuida de você. Na verdade, Ele se importa tanto que morreu por você: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5.8).

Por que foi necessário que Jesus morresse por nós? Porque a santidade de Deus exigia um sacrifício perfeito, sem pecado. Você e eu não podemos morrer um pelo outro; somos pecadores por nascimento e por ação. Em toda a história humana, somente Jesus estava qualificado a morrer como penalidade pelo pecado dos outros. Você já não tem mais que pagar a penalidade no Lago de Fogo. Você pode obter o perdão por meio da fé em Cristo: “Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus” (1Pe 3.18).

O Lago de Fogo nunca foi preparado para as pessoas: “Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” (Mt 25.41). O Lago de Fogo foi preparado para o diabo e os demônios. Mas também é o lugar onde as pessoas vão passar a eternidade se elas não responderem à Boa-Nova.

Alguns anos atrás, eu estava dirigindo pela rodovia Garden State, em North Jersey. Há um ponto em que a estrada é cercada por muros de ambos os lados. Naquele dia o tráfego estava engarrafado por quilômetros, porque um cachorro pastor alemão, de alguma forma, acabara entrando na rodovia. As pessoas queriam ajudar o cão; mas ele estava tão amedrontado, tão enlouquecido com o que estava acontecendo, que não deixava ninguém chegar perto dele.

Muitas pessoas são assim. Elas temem aqueles que querem ajudá-las. Elas temem ou não gostam dos cristãos que compartilham o Evangelho, embora o façamos para salvar suas vidas.

Você sabe onde passará a eternidade?

Se morresse hoje à noite, você sabe com certeza se iria para o céu?

Não há margem para dúvidas. E há um caminho do qual você pode estar certo: Jesus morreu para pagar por seus pecados. Deus quer colocar o seu pecado sobre Jesus e transferir a justiça de Jesus para você. A chave é a fé. Fé significa confiar em Jesus, e somente nEle, para o perdão dos pecados. Você não pode confiar em si mesmo, em suas boas ações, em sua formação teológica, ou em qualquer outra coisa. E, ao confiar em Jesus, você está confiando no Deus de Abraão, de Isaque, e de Jacó. Cristo e o Pai são um só.

Não sabemos quando vamos morrer. Agora é o momento para acolher a Boa-Nova.“Sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam” (Hb 11.6). O Salmo 95:8 declara: “Não endureçais o coração, como em Meribá [na rebelião], como no dia de Massá [na tentação], no deserto”.

Se você nunca aceitou a Jesus como seu Salvador pessoal, você pode fazê-lo agora mesmo, orando: “Querido Deus, eu sei que sou um ser humano pecador. Sei que não posso chegar ao céu por mim mesmo. Eu nunca poderia ser bom o suficiente. Acredito que Jesus é Teu Filho. Creio que Ele morreu na cruz em meu lugar. Entendo que Ele é o único caminho para o céu. Por favor, toma meu pecado e dá-me o dom da vida eterna. Ajuda-me a Te servir, e faz de mim um seguidor de Jesus. Obrigado, Deus, por fazeres isso por mim”.

Milhões de pessoas ao longo dos tempos já fizeram uma oração semelhante a esta, vinda de seus corações; foram transformadas de dentro para fora, e nasceram na família de Deus. O Evangelho é o poder de Deus para a salvação. Se fosse morrer hoje à noite, você saberia com certeza que iria para o céu?

À medida que o apóstolo João se aproximava do fim de sua primeira epístola, ele escreveu: “Estas coisas vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus” (1Jo 5.13). A fé é a certeza de vitória sobre a morte e sobre o Lago de Fogo. A fé nos assegura que podemos habitar “na Casa do Senhor para todo o sempre” (Sl 23.6b). Essa realmente é uma boa notícia! (Israel My Glory — Richard Emmons — Chamada.com.br)

Extraído de Revista Chamada da Meia-Noite maio de 2015

Revista mensal que trata de vida cristã, defesa da fé, profecias, acontecimentos mundiais e muito mais. Veja como a Bíblia descreveu no passado o mundo em que vivemos hoje, e o de amanhã também.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s