Por que Jesus disse Deixa os mortos sepultar os seus mortos?

E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai. Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus. Lucas 9:59,60

O contexto da declaração de Cristo revela que Ele oferece a este homem uma oportunidade de participar do Seu ministério e tornar-se um discípulo do caminho que conduz à vida eterna. Quando este homem diz que ele primeiro tinha que ir e enterrar seu pai, Cristo diz-lhe para deixar o “morto” (aqueles que desconhecem questões espirituais) enterrar os seus mortos, e você vai e pregue o reino de Deus (versículo 60) .

É importante notar que logo nos versículos anteriores Jesus já demonstra o quanto é difícil segui-lo: E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores. E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. Lucas 9:57,58

Cristo estava dizendo para este homem deixar de enterrar seu pai? Não. Um funeral normalmente leva apenas um curto período de tempo, e Cristo continuamente mostra que os cristãos devem ter compaixão e mostrar o devido respeito para os outros.

Por que, então, Cristo respondeu a este homem de tal maneira? Ele percebe que o homem vendo a dificuldade do ministérios está apenas dando desculpas para não ir pregar o Reino de Deus. Provavelmente, o pai do jovem era um homem idoso que morreria em breve. Este homem, inclinando-se na condição de seu pai, tenta adiar a responsabilidade que Cristo oferece a ele.

Obviamente, as suas prioridades não são baseadas na fé e servir a Deus em primeiro lugar (Mateus 6:33). Se ele quisesse, ele poderia encontrar uma maneira, sem mostrar qualquer desrespeito, mantendo o cuidado ao seu pai e ainda servir a Deus. Assim, Cristo diz-lhe para deixar os mortos espiritualmente, (Efésios 2: 1) prosseguir e viver suas vidas como parece melhor para eles.

Esta conta ilustra como não devemos deixar a preocupação indevida sobre questões físicas nos distrair de servir a Deus, uma vez que Ele nos chamou à Sua obra (João 6:44, 65). A parábola do semeador em Marcos 4: 14-20 relata um princípio semelhante. Como Jesus diz a outro discípulo no relato de Lucas: “Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus” (Lucas 9:62).

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s