Os judeus e a Inquisição

Um amigo meu, que é pastor, visitou Israel. Lá, encontrou-se com um judeu, que disse que não gosta de cristãos, por causa da Inquisição.

Peraí, judeu não gostar de pastores evangélicos por causa da Inquisição? Isso mesmo. Na mente de muitos judeus, não existe diferença entre católico e evangélico — todos são católicos.

Para eles, a Inquisição que durante séculos torturou, roubou, pilhou e massacrou judeus era católica — e de fato era católica. Mas a compreensão de muitos judeus se perde ao achar que todos os cristãos são católicos e, por isso, são todos responsáveis pela Inquisição. Para eles, quando a Inquisição torturou, roubou, pilhou e massacrou judeus, todos os cristãos se tornaram culpados. Eles não têm consciência de que cristãos evangélicos também foram torturados, roubados, pilhados e massacrados pela Inquisição católica.

 

Por mais difícil que seja, é preciso explicar para os judeus: tudo o que a Inquisição fez contra os judeus é de culpa exclusiva da instituição católica. Os evangélicos não têm história de Inquisição contra judeus. Basta olhar a história e ver países como Holanda e EUA que, nos séculos XVII e XVIII, tinham grande formação evangélica e davam liberdade aos judeus praticar sua religião, enquanto que em países católicos a opressão antijudaica era a regra.

Claro que os católicos de hoje não deveriam ser responsabilizados pelos crimes da Inquisição, ainda mais que o próprio Papa João Paulo 2 já pediu perdão por ela. A atitude então de um verdadeiro católico é imitar seu papa.

Mesmo assim, os judeus parecem não estar totalmente satisfeitos com o pedido de perdão do papa. Em 2013, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu se encontrou com o Papa Francisco no Vaticano, e fez questão de dar ao líder da Igreja Católica “The Origins of the Inquisition in Fifteenth Century Spain” (As Origens da Inquisição na Espanha do Século Quinze), um livro que documenta católicos espanhóis questionando, torturando e castigando judeus, expondo como milhares deles foram expulsos da Espanha ou queimados vivos na estaca.

Os católicos de hoje não têm culpa da Inquisição e seus crimes. Só teria culpa o católico que, de forma obstinada contra todos os fatos históricos e evidências de inúmeros instrumentos de tortura, desculpasse a Inquisição.

Desculpar ou até mesmo defender a Inquisição, que tantos traumas trouxe aos judeus, só mancha o testemunho do Cristianismo, pois Cristo veio para dar vida em abundância e tanto ele quanto seus apóstolos nunca usaram sua autoridade para perseguir, torturar e matar “heréticos” ou quem quer que fosse. Mas a Igreja de Satanás sempre segue seu mestre, o diabo, a quem Jesus chama de ladrão. Jesus faz contraste claro entre esse ladrão de almas e sua pessoa: “O ladrão não vem, senão para roubar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida, e vida em plenitude.” (João 10:10 King James Atualizada)

Há uma diferença enorme entre o Mestre da Vida e o mestre da morte. Essa diferença se faz notar entre seus seguidores. Os seguidores do Mestre da Vida fazem o que os apóstolos de Jesus fizeram: pregam o Evangelho, curam os enfermos, expulsam demônios, etc.

Os seguidores do mestre da morte roubam, pilham, torturam e matam, muitas vezes no nome de sua religião. Outros aplaudem ou desculpam.

Como é que um judeu poderá vir a Cristo quando ele, que não lê o Novo Testamento, pensa que as atrocidades que seus antepassados sofreram das mãos de católicos sanguinários foi ordem de Cristo para todos os cristãos?

Não, não foi nenhuma ordem de Cristo, que nunca pediu que seus apóstolos derramassem o sangue de judeus ou heréticos.

Foi ordem dos papas aos católicos, não aos evangélicos, do passado.

Explique para os judeus: as ordens desses antigos papas eram somente para católicos e afetavam não somente judeus, mas também evangélicos.

Explique para os judeus: as ordens desses antigos papas não são seguidas hoje pelos católicos porque são ordens patentemente desumanas e anticristãs. Perseguir, torturar, roubar, pilhar e massacrar judeus nunca foi ordem de Cristo.

Só Cristo pode libertar os judeus de seu ódio contra todos os cristãos por causa do que a Inquisição católica fez aos seus antepassados.

Fonte: www.juliosevero.com

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s