Por que Jesus chamou a mulher cananéia de cachorrinho?

Ele respondeu: “Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos”. Mateus 15:26

A mulher cananéia

E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada. Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós. E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me! Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos. Mateus 15:22-26

Quando Jesus disse estas palavras, Ele estava em território gentil, ou seja, fora de Israel, em uma missão para pessoas de outras nações. Ele ministrou aos gentios em muitas outras ocasiões também.

É importante notar que em um primeiro momento Jesus simplesmente ignora o apelo da mulher, e os discípulos ainda pedem que Ele a mande embora.

Ocorre que esse era o pensamento dos judeus, de que eles como povo escolhido possuíam exclusivamente a salvação por parte do Messias, portanto era natural que uma mulher de outra nação fosse desprezada dessa forma.

Cristo, o mestre, utiliza desse acontecimento para mostrar aos discípulos que a fé de um estrangeiro muitas vezes é maior do que a dos judeus e que a salvação não era exclusiva do povo hebreu.

cachorrinhos

As referências bíblicas mostram que o termo cães era utilizado para os pecadores em geral, os judeus também costumavam chamar os estrangeiros de cães:

Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira. Apocalipse 22:15

Jesus, como sempre em forma de metáfora não utiliza da palavra cachorrinho para insultar ou ofender a mulher, mas para dizer que ela não poderia ter acesso, pois, Ele não era o seu Deus.

migalhas

E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. Mateus 15:27

A mulher entendeu claramente a metáfora do Mestre e responde de uma forma espetacular, mostrando a Cristo que ela o reconhecia como seu Senhor e assume o termo “cachorrinho” colocando-se em completa submissão a Ele.

Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã. Mateus 15:28

Cristo não deixou aquela mulher desamparada, e ainda ensinou aos discípulos o tipo de fé que Ele espera das pessoas.

Conclusão

Jesus utilizou dessa metáfora para ensinar os discípulos e para provar a fé da mulher cananéia.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s