Entregue suas preocupações a Deus

Entregue suas preocupações ao Senhor, e ele o susterá; jamais permitirá que o justo venha a cair. Salmos 55:22

A Graça de Deus

A palavra preocupações, muitas vezes traduzida como “fardo” ou ainda como um “dom”, refere-se a graça abundante do Senhor sobre todos os justos, ou seja, o motivo de passar por situações difíceis, tribulações, deve ser encarada pelo cristão como parte da graça de Deus.

Paulo disse para os Filipenses:

Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele, Filipenses 1:29

Mas Jesus disse a Pedro: Põe a tua espada na bainha; não beberei eu o cálice que o Pai me deu? João 18:11

Jesus é um exemplo prático de alguém que submete as suas preocupações e aflições ao Senhor, sabia o que lhe esperava, mas tinha a conciência da necessidade de passar por aquilo.

Salmista

O salmista estava falando sobre a sua própria aflição, das suas provas e problemas, das cruzes e angústias, das preocupações e medos, ou melhor, de todos os teus assuntos, como colocando-se sobre os ombros do Todo-Poderoso, e comprometer-se a Ele, pela fé e oração, com uma expectativa confiante de um bom problema. Hoje entendemos que isso pode ser extendido a todos os homens em circunstâncias semelhantes.

Davi, provável escritor deste Salmos sabia bem o que era passar por aflições, mas sabia melhor ainda quem poderia sustentá-lo, nesse Salmo especificamente ele relata o que muitos podem imaginar, o silêncio do Senhor nos momentos difíceis:

Inclina, ó Deus, os teus ouvidos à minha oração, e não te escondas da minha súplica. Atende-me, e ouve-me; lamento na minha queixa, e faço ruído, Salmos 55:1,2

Além disso o cenário era muito parecido com o atual, um ambiente repleto de violência:

De dia e de noite a cercam sobre os seus muros; iniqüidade e malícia estão no meio dela. Maldade há dentro dela; astúcia e engano não se apartam das suas ruas. Salmos 55:10,11

Quando as condições não são favoráveis, é comum a alma se abater, mas não foi essa a atitude do salmista, aproveitou o momento para se aproximar de Deus, quando você se achar sem forças na caminhada, procure o renovo e refrigério do Senhor:

Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará. De tarde e de manhã e ao meio-dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz. Salmos 55:16,17

Discernimento

Na dificuldade muitos se encontram sem rumo, sem saber o que fazer, ou qual atitude tomar, alguns passam a acumular tarefas na esperança de que algo de certo, mas que possamos ter o discernimento espiritual do que realmente é importante:

E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada. Lucas 10:41, 42

Que você escolha a boa parte!

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s