O que significa Eis que porei um caminho no deserto? 

Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo. Isaías 43:19

Isaías foi o profeta que mais falou sobre o Messias, são dezenas de profecias além de um relato fiel de como seria a entrega de Jesus Cristo pelos pecadores.

Eis que faço uma coisa nova

Naquela época, as coisas basicamente seguiam o mesmo ritmo, se tratavam de cumprir a Lei Mosaica e oferecer sacrifícios para “cobrir” os pecados, no meio de tudo isso Deus fez coisas inimagináveis e extraordinárias, como exemplo utiliza o evento da abertura do Mar Varmelho.

Assim diz o Senhor, o que preparou no mar um caminho, e nas águas impetuosas uma vereda; O que fez sair o carro e o cavalo, o exército e a força; eles juntamente se deitaram, e nunca se levantarão; estão extintos; como um pavio se apagaram. Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Isaías 43:16-18

O que Ele relata é que as coisas que foram realizadas embora pareçam insuperáveis, seriam consideradas “nada” perto do que Ele estava prestes a fazer, algo inédito e maravilhoso.

agora sairá à luz

Mesmo que o profeta tenha utilizado a palavra Agora ou melhor traduzido por “Em Breve”, o fato só se concretizaria centenas de anos depois. As Escrituras frequentemente falam de coisas a uma grande distância de tempo como se fossem agora, como Ageu 2:6 Tiago 5:9 Apocalipse 22:20, e em diversos outros lugares;

Sairá a luz era um recado claro para os judeus que o Messias, o Salvador, aqueles o qual os judeus tanto esperavam estavam prestes a vir, isso devia motivá-los a endireitar os caminhos, e renovar as esperanças de dias melhores. Mais do que isso, uma amostra de que Deus não havia “esquecido” o seu povo.

porventura não a percebeis

O povo relutou diversas vezes em seguir a orientação divina, o profeta já previa que mais uma vez os hebreus teriam problema em reconhecer um ato do Senhor e passariam a rejeitar a Luz, ou seja o Messias.

Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo

Por onde os judeus andavam pelo deserto, não havia um caminho satisfatório, tanto entre o Egito e Canaã; e através de uma outra, que ficava entre a Babilônia e da Judéia;

Isaías não se referia a um lugar física, mas falava do deserto espiritual que o povo se encontrava, Cristo referiu a sí mesmo como detentor da água viva:

Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. João 7:38

Deserto é um lugar incômodo onde as pessoas tem fome e sede, o profeta Amós se referiu a esse deserto espiritual da seguinte forma:

Eis que vêm os dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. Amós 8:11

Com a vinda do Messias essa fome e sede seriam saciadas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s