Quem se irar Contra seu Irmão estará sujeito a Julgamento

Mas eu lhes digo que qualquer que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento. Também, qualquer que disser a seu irmão: Racá, será levado ao tribunal. E qualquer que disser: Louco!, corre o risco de ir para o fogo do inferno. Mateus 5:22

Mas eu lhes digo

No grego, a ênfase se encontra na palavra EU, isso porque Jesus falava com uma autoridade peculiar sobre a Lei, como alguém quem tem o direito de expô-la ou mudá-la como quisesse.

Compare Mateus 12:6 , Mateus 12:8. Ele, portanto, falou aqui e em outros lugares como tendo autoridade, e não como os escribas. Pode-se acrescentar aqui que nenhum homem nunca falou como Jesus fez, ao explicar ou fazer cumprir a lei.

Ele fez isso como tendo o direito de fazê-lo; E aquele que tem o direito de ordenar e mudar as leis no governo de Deus deve ser ele próprio divino.

Qualquer que se irar contra o seu irmão

Por “irmão” se entende, não em um sentido religioso, aquele que é da mesma fé, ou no mesmo estado de igreja; Nem, num sentido natural estrito, que seja assim nos laços da consangüinidade; Mas, em grande sentido, qualquer homem, de qualquer país ou nação; porque não nos irarmos com ninguém; Isto é, como é corretamente acrescentado.

Alguns manuscritos incluem a palavra “sem causa” no versículo, a palavra grega é omitido nos manuscritos mais antigos, provavelmente, foi inserido por um copista que desejava suavizar a expressão.

Sujeito ao julgamento

“O julgamento” significa o juízo de Deus, porque só Ele pode tomar conhecimento de mera raiva e todas as circunstâncias envolvidas. Só Ele pode realizar um julgamento perfeito e extremamente justo.

Racá

A palavra Raca é de origem siríaca e é expressiva de indignação e desprezo; Foi usado como um termo de reprovação, significa “vazio” e “vã”, e denota um homem sem valor, de cabeça vazia; Um homem sem cérebro; Um tolo.

Tribunal

Nosso Salvador (como a maioria dos intérpretes julga) fala isso com alusão aos três tribunais entre os judeus. O primeiro era o tribunal de três homens, que só julgavam causas menores e mais leves. Outra era sua corte de vinte e três homense um terceiro era o Sinédrio, composto de setenta homens.

Fogo do Inferno

O original deste é “o gehennah do fogo.” A palavra gehenna, γέεννα geenna, comumente traduzida como “inferno”, é composta de duas palavras hebraicas, e significa o vale de Hinom.

A história desse lugar é muito interessante, mas ficou conhecido como Fogo do Inferno, pois em determinado momento era um Vale onde despejavam corpos e todo o lixo da cidade, e por causa do ar e dos perigos de contaminação, mantinha-se esse lugar indendiado, com fogo, todo o tempo.

A corrupção da atmosfera e os incêndios espalhafatosos que ardiam de dia e de noite, tornaram-no um dos objetos mais terríveis com que um judeu estava familiarizado.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s